11 de fevereiro de 2011

Poesias e poeta do dia


O vestido de Laura

O vestido de Laura
é de três babados,
todos bordados.

O primeiro todinho,
todinho de flores
de muitas cores.

No segundo, apenas
borboletas voando,
Num fino bando.

O terceiro, estrela,
estrelas de renda
-talvez de lenda...

O vestido de Laura
vamos ver agora,
sem mais demora!

Que as estrelas passam,
borboletas, flores
perdem suas cores.

Se não formos depressa,
acabou-se o vestido
todo bordado e florido!

Cecília Meireles


Ou isto ou aquilo

Ou se tem chuva e não se tem sol
ou se tem sol e não se tem chuva!

Ou se calça a luva e não se põe o anel,
ou se põe o anel e não se calça a luva!

Quem sobe nos ares não fica no chão,
quem fica no chão não sobe nos ares.

É uma grande pena que não se possa estar
ao mesmo tempo nos dois lugares!

Ou guardo o dinheiro e não compro o doce,
ou compro o doce e gasto o dinheiro.

Ou isto ou aquilo, ou isto ou aquilo...
e vivo escolhendo o dia inteiro!

Não sei se brinque, não sei se estudo,
se saio correndo ou fico tranquilo.

Mas não consegui entender ainda
qual é melhor: se é isto ou aquilo.

Cecília Meireles

A Bailarina

Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.
Não conhece nem dó nem ré
mas sabe ficar na ponta do pé.
Não conhece nem mi nem fá
mas inclina o corpo para cá e para lá.
Não conhece nem lá nem si,
mas fecha os olhos e sorri.
Roda, roda, roda com os bracinhos no ar
e não fica tonta nem sai do lugar.
Põe no cabelo uma estrela e um véu
e diz que caiu do céu.
Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.
Mas depois esquece todas as danças,
e também quer dormir como as outras crianças.
 Cecília Meireles


     A Poeta de hoje chama-se Cecília Meireles, uma poeta que particularmente, eu adoro ela, as poesias dela são tão meigas e calmas; quando eu era pequena eu passei a querer ser poeta depois que li o livro dela Ou isto ou aquilo, que por sinal é um livro muito bom!
     Cecília, nasceu dia 7 de Novembro de 1901, no Rio de Janeiro. Foi pintora, poeta, professora e  jornalista brasileira. Escreveu vários livros, tanto para adultos como para crianças, entre eles Ou isto ou aquilo, um livro voltado especialmente para crianças. 
     Dia  9 de Novembro aos 63 anos de idade, deixou o Brasil, e leitores apaixonados por essa poeta.


Um comentário:

Amanda Krohn disse...

Infelizmente não faço cursores,não sei fazer nada dessas coisas,o layout do meu blog eu usei o blogger mesmo pra fazer!